Tendências e dicas sobre ferramentas, jardinagem, decoração e cuidados com a casa. Uma loja online preparada para lhe ajudar a escolher os melhores produtos. Acompanhe o Blog da JWT Brasil!

Na hora do banho! Chuveiro ou ducha: qual é a melhor opção?

Dicas na-hora-do-banho-chuveiro-ou-ducha-qual-e-melhor-opcao

O brasileiro é conhecido ao redor do mundo como um povo que ama tomar banho. Você já ouviu essa história? A questão é que, além de manter a higiene em dia, essa prática renova as energias. Mas nem sempre escolher a melhor maneira de tomar aquele banho é uma tarefa fácil. Com a variedade de modelos no mercado, escolher um chuveiro ou uma ducha que satisfaça as nossas necessidades se torna um grande obstáculo.

Geralmente, a maior preocupação é que o produto escolhido reúna qualidade e economia — tanto de água quanto de energia elétrica. Pensando nisso, separamos aqui algumas dicas sobre chuveiros e duchas para você decidir qual é a opção ideal para você. Vamos lá?

Quais são as diferenças entre chuveiro e ducha?

As duchas geralmente gastam mais água por conta de seu jato potente, mas, em contrapartida, consomem menos energia elétrica, pois dependem de sistemas externos como aquecimento a gás, elétrico central ou solar para aquecer a água. Os chuveiros, por sua vez, provocam uma melhor economia de água, porém gastam mais energia para aquecê-la.

No entanto, hoje em dia, conseguimos encontrar alguns fabricantes que lançaram modelos de duchas elétricas e chuveiros com maior pressão de água.

Leia: CHUVEIROS E DUCHAS INOVADORAS QUE AJUDARÃO VOCÊ A ECONOMIZAR

O que levar em consideração antes de fazer sua escolha?

Voltagem

Caso a fiação elétrica esteja próxima da saída de água, uma boa opção é adquirir o chuveiro elétrico e estar atento à voltagem — chuveiros de 220 volts aquecem mais do que os de 110 volts, porém não existe diferença notável de energia.

Pressão

Em apartamentos, existe uma boa pressão hídrica — quanto mais baixo for o andar, maior será a pressão, pois o reservatório fica perto do telhado. Por esta razão, pode-se optar por um chuveiro comum com espalhador de água de sua preferência. As casas, como recebem água da rua, já possuem pressão suficiente.

No entanto, se existir a necessidade de melhorar a pressão de água tanto em casa quanto em apartamento em andares mais altos, a sugestão é investir em um chuveiro pressurizado com espalhador grande, especialmente para quem possui somente um registro no banheiro e uma só caixa de água.

Potência

Quanto maior for a potência, mais aquecida será a água. Os chuveiros abaixo de 5.400 Watts são mais baratos e trazem uma maior economia energética, porém queimam mais facilmente. Para um produto mais durável, opte por potências acima de 5.400 Watts.

Nas regiões mais quentes do Brasil, por exemplo, os habitantes podem optar por uma potência menor fazendo uma maior economia de energia elétrica.

Quais são os modelos mais comuns?

  • Elétrico: o modelo de chuveiro mais comum. Possui variação de 3 a 4 temperaturas e é usado em casas e apartamentos que tenham pressão de água de alto desempenho.
  • Eletrônicos: também usa a eletricidade para aquecer a água e faz uma melhor precisão quando mistura água quente e fria. Alguns modelos chegam a apresentar até 14 temperaturas diferentes para regular e, geralmente, trazem uma ótima economia de água e de energia.
  • Híbrido: compatível com aquecedores a gás e solar. O sistema elétrico aquece a água do sistema principal e evita o desperdício da água fria parada na tubulação.
  • Pressurizado: possui uma bomba de pressurização embutida que aumenta a pressão da água e é ativada por energia elétrica, podendo aumentar o consumo de luz.

Estas são nossas dicas para você escolher entre chuveiro ou ducha e saber qual atende melhor suas necessidades. Gostou? Então, assine nossa newsletter para receber todas as nossas atualizações.

banner