Jardinagem, decoração e ferramentas

Jardim de inverno: o passo a passo para montá-lo

Jardinagem

Criar um jardim de inverno em casa ou no escritório pode trazer muito mais benefícios do que a simples valorização do imóvel ou torná-lo mais acolhedor. Um jardim de inverno pode ter diversas funcionalidades, como o de se tornar um mecanismo para a refrigeração e iluminação do ambiente, uma área de relaxamento e até uma pequena horta de ervas e hortaliças.

E o mais incrível é que planejá-lo e executá-lo não é tão complicado quanto parece, e pode ser muito prazeroso. Acompanhe neste post um passo a passo simples e coloque suas ideias em prática!

1º passo: escolha o local ideal para criar o jardim de inverno

Caso o espaço para o jardim de inverno não tenha sido previsto na planta original da casa, é possível criá-lo a partir de outras alternativas, como nos parapeitos da janela, embaixo de escadas ou em paredes e muros.

Estes locais precisam ser arejados e precisam ter boa iluminação natural, pois mesmo as plantas mais resistentes precisarão de um ambiente favorável para a saúde de suas folhas e flores.

2º passo: escolha plantas e ornamentos ideais para o ambiente

Escolhido o local ideal, é hora de definir como ele será. Escolha plantas e ornamentos que vão compor o ambiente considerando a decoração do entorno e o nível de frequência e dificuldade da manutenção do jardim.

As plantas mais usadas em jardins de inverno

As chamadas plantas de sombra, meia-sombra e as suculentas são algumas das opções mais adotadas para a construção do jardim de inverno. Isso acontece por se adaptarem bem a ambientes fechados, sem incidência intensa de sol e também por conseguirem armazenar água por mais tempo.

São ainda mais interessantes por terem características e beleza marcantes, como no caso das orquídeas que possuem flores encantadoras e podem ser cultivadas em vasos de barro instalados na parede de forma simples com uma furadeira.

Algumas das representantes das plantas de meia-sombra são samambaias, ciclanto, peperômia, luca e árvore-da-felicidade, que têm um volume maior de folhagens.

As suculentas apresentam um engrossamento nas folhas, caule ou raiz para armazenamento de água. Esta característica torna sua beleza mais exótica, como é o caso da espada-de-São-Jorge que, como o nome sugere, cresce de forma longilínea, pode ser trançada e suporta até mesmo ambientes com ar-condicionado.

Os ornamentos

Os ornamentos poderão ter características funcionais ou estéticas. A colocação de decks, pedras, argila expandida, correntes, prateleiras de madeira, pendentes e até escadas deverá ser de acordo com a necessidade estrutural e decorativa do jardim.

Um jardim vertical fixado em uma parede interna, por exemplo, poderá precisar de treliças, vasos ou prateleiras. Estas fixações, porém, são de baixa complexidade, exigindo ferramentas e materiais básicos como mãos-francesas, parafusos e buchas, que você encontra na loja JWT Brasil online.

3º passo: planeje as etapas do projeto

Um jardim de inverno pode ser mais elaborado — com a colocação de claraboias, portas de vidro, pequenas reformas estruturais e pintura — ou mais simples, com a colocação de vasos no chão e pendentes do teto para samambaias.

Por isso, defina as etapas para organizar a execução e as compras, que serão a etapa seguinte.

4º passo: compre o material necessário

Escolha empresas de ferragens e de jardinagem confiáveis e que ofereçam facilidade de compra e de entrega, pois regularmente serão acionadas.

Faça uma lista organizada de todos os itens necessários para o projeto, como ferramentas necessárias, componentes elétricos, ornamentos e plantas considerando as etapas da realização.

Se for necessário uma reforma no local para permitir a colocação de terra, pintura, colocação de prateleiras e iluminação, por exemplo, divida as compras de acordo com cada momento.

5º passo: crie e cuide de seu jardim de inverno

Seja um admirador da jardinagem ou um colecionador de orquídeas, cultivar e cuidar de plantas é uma terapia para relaxar, para buscar inspirações e para tornar o ambiente mais acolhedor e valorizado. Por isso, este última passo é, na verdade, um comprometimento.

Se você está pensando em criar um jardim de inverno, quais eram suas razões iniciais? Para valorizar seu imóvel ou por gosto pela jardinagem? Conhece alguém que precise de boas dicas e razões para começar um jardim de inverno?

Então, compartilhe este post nas suas redes sociais.